Ajuda Para o Deficit de Atenção e Hiperatividade

Factos. Dicas & Estratégias. Esperança
Paulo Gonçalves

Olá!
O Meu Nome é Paulo Gonçalves
Sou Hiperativo Com Deficit de Atenção

Passei mais de 30 anos a perguntar o que é que se passa comigo

  • Tinha sempre notas medianas ou mesmo abaixo da média, apesar do potencial que as professoras acreditavam que eu tinha
  • Estava constantemente de castigo ou a ter bolinhas vermelhas pelo comportamento, que naquela altura tinham a forma de reguadas que me deixavam as mãos tão quentinhas!
  • Estava constantemente a por a minha mãe à beira dum esgotamento nervoso por causa das coisas que eu fazia
  • Colocava-a em situações humilhantes porque as outras pessoas olhavam-na de maneira julgadora ao acharem que era uma má mãe e não dava educação ou nem impunha disciplina
  • Dificuldade em fazer amigos
  • Auto estima inexistente
  • Relações amorosas de curta duração e muitas vezes com as pessoas erradas que levaram a situações humilhantes
  • Gestão desastrosa das finanças pessoais
  • Constantes mudanças de emprego porque era despedido ou fartava-me de fazer sempre a mesma coisa

Tinha de haver uma explicação

Felizmente, estava no sítio certo à hora certa e vi uma reportagem sobre um adulto Hiperativo

Finalmente uma resposta para "Porquê é que tudo é tão difícil?"

Depois de ser diagnosticado o mundo parecia começar a fazer um pouco mais de sentido

A medicação estava a ajudar a concentra-me e a controlar os impulsos.

Passados 3 anos e depois de ver que a medicação, apesar ter ajudado um bocado no princípio, estava a fazer cada vez menos efeito mesmo que a dose fosse cada vez maior, decidi começar uma jornada em que iria descobrir uma forma de tratar a Hiperatividade de forma eficaz, sem efeitos secundários e ganhar controlo sobre a minha vida.

Comecei então a procurar os maiores especialistas em Hiperatividade a nível mundial que fossem credíveis, com provas dadas, sérios e sem interesses comerciais.

Aprendi com os melhores, que existe esperança e que a Hiperatividade, apesar de não ter cura, pode ser perfeitamente controlada.

Finalmente tinha começado a:

  • Produzir mais num dia, e sem stress, do que produzia numa semana
  • Ter relações mais saudáveis e duradouras
  • E principalmente deixei de contribuir para ansiedade e envelhecimento precoce da minha mãe

E quero que as crianças, adolescentes ou adultos Hiperativos tenham os mesmos ou melhores resultados que eu tive

Eu consegui tratar e controlar o Deficit de Atenção e a Hiperatividade e irei partilhar o que fiz para o conseguir.

Costumo dizer que sou um especialista em Deficit de Atenção e Hiperatividade com 41 anos de experiência, e sei mais sobre Deficit de Atenção e Hiperatividade do que gostaria de saber.

Como eu próprio tenho Deficit de Atenção e Hiperatividade tenho um conhecimento único, vejo as coisas da mesma maneira/perspetiva que você ou o seu filho e sei exatamente como e onde a Hiperatividade poderá ter um impacto menos positivo na vida

Não sou psicólogo

Não sou médico

Não sou psiquiatra

Mas sei mais sobre o Deficit de Atenção e Hiperatividade do que gostaria de saber porque tive de descobrir maneiras eficazes de geri-la de forma a minimizar os pontos menos bons e aproveitar todas as vantagens

Sou um pesquisador e analisador de dados meticuloso com acesso privilegiado a dados/estudos dos mais credíveis e imparciais especialistas da Deficit de Atenção a nível mundial.

Tive de aprender mais sobre a Hiperatividade do que os psicólogos, médicos e psiquiatras com quem tive consultas porque nunca nenhum me proporcionou um tratamento eficaz, duradouro e/ou sem efeitos secundários prejudiciais

Infelizmente nas escolas e universidades ainda se ensina muito pouco sobre o que é e como lidar com a Hiperatividade

Aprendi a utilizar a minha Hiperatividade como uma vantagem/a meu favor e é o que vou tentar partilhar consigo.

Dediquei todo o meu empenho, dedicação e paixão durante os últimos 6 anos a descobri, testar e implementar soluções e tratamentos eficazes para controlar a minha hiperatividade.

Eu apenas fui diagnosticado com Deficit de Atenção e Hiperatividade aos 32 anos depois de uma vida parecida com uma montanha russa entre entusiasmo, super motivação ou super concentração e desmotivação, desorganização e frustração sem perceber porque é que isto acontecia e sem conseguir fazer algo para resolver a situação

Vou ajudar a perceber/compreender, aceitar, lidar com os pontos menos bons e aproveitar todas as vantagens do Deficit de Atenção e Hiperatividade

Eu consegui e espero ajudar muita gente a conseguir também.

Paulo Gonçalves

Quer Receber Dicas & Estratégias Para Saber Como Controlar os Sintomas do Deficit de Atenção e/ou Hiperatividade?

Ajuda Para Aprender a Controlar os Sintomas
Sem Teoria Desnecessária, Apenas Dicas, Estratégias e Relatos da Minha Experiência Com o Deficit de Atenção e a Hiperatividade

Sim Quero Receber

Gostou Desta Página? Partilhe Com os seu Amigos