Transição Brincadeira Tarefas
Home / Crianças / Transição Brincadeira » Tarefas Escolares

Transição Brincadeira » Tarefas Escolares

Deixe-me começar por dizer que as transições entre atividades de lazer e/ou tarefas  são geralmente mais difíceis de efetuar para as crianças com TDAH – deficit de atenção e hiperatividade, do que para as crianças neurotípicas.

E esta é a razão.

Um conceito crucial a entender é o “horizonte de tempo”.

Isto é, basicamente o quão longe você consegue olhar para o futuro para planear ou mesmo pensar no futuro.

Quando você é uma criança muito nova, o seu horizonte de tempo é super curto – digamos, cerca de uma hora ou mais.

À medida que se envelhece, vai ficando mais longo. Isto é o que lhe permite “ver” o futuro.

Aqui está o que eu sei: a maioria (não todas) as crianças com deficit de atenção e hiperatividade vivem em dois mundos.

O “agora” e o “não agora”.

Agora significa agora mesmo.

O que quer que esteja a acontecer hoje ou neste preciso momento.

Pode ser às 14h30, onde quer que seu filho esteja e ele está pensando apenas em aproveitar o que está fazendo atualmente, sem pensar no que pode vir a seguir.

E depois, bem ali (tão longe que não se consegue ver) está o “não agora”.

Quer Receber Notícias, Dicas & Estratégias Sobre o Deficit de Atenção e/ou Hiperatividade?

Ajuda Para Aprender a Lidar Com o Deficit de Atenção e a Hiperatividade

É aí que vive o futuro.

Daqui a duas horas.

Amanhã.

No próximo mês.

Ou até daqui a 5 minutos.

Como resultado desta visão binária, a transição para a próxima atividade é brutal para estas crianças.

Imagine se você estivesse “no momento”, imensamente apreciando o seu programa favorito de televisão enquanto bebia o seu chá favorito e alguém abruptamente desligasse a televisão, levasse a chávena de chá da sua mão e dissesse: “Hora de ir…AGORA”.

Exatamente!

É assim que o seu filho se sente.

Se eles estão aproveitando o que estão fazendo no momento, é difícil para eles entender a razão de poder haver uma boa razão para parar.

É muito difícil para eles verem o futuro.

Então, o que pode fazer para facilitar as transições? Aqui estão algumas dicas.

  1. Construir um sistema de recompensas. Os nossos filhos anseiam por recompensas, e se uma atividade não oferece uma, é incrivelmente difícil para eles se auto-motivarem. Portanto, uma recompensa simples e orgânica, como escolher um cereal favorito no supermercado, pode ser o truque.
  2. Estruturar o tempo de transição. Descobri que quando o meu filho era mais novo e foi forçado a trocar de marcha bruscamente, ele ficou muito sobrecarregado. Saber o que ia acontecer durante a transição ajudou a manter a resistência distante. Por exemplo, se o seu filho estiver a jogar videojogos e for altura de fazer os trabalhos de casa, certifique-se de que há tempo planeado e estruturado entre a transição. Talvez um lanche rápido ou um jogo rápido de arcos ajude.
  3. Crie um horário visual. Eu digo sempre: “Se o seu filho não o consegue ver, não o consegue gerir.” Portanto, publique um horário claro da rotina diária. Isso permitirá que seu filho faça uma pausa e acelere a si mesmo, saiba onde ele está no dia, e o mais importante, o que vem a seguir.
  4. E um berlinde dentro de um frasco? Faça um gráfico ou o cronograma interativo. Permita que ele verifique um item da lista, coloque um berlinde num frasco ou mova a nota adesiva para a coluna seguinte. Qualquer coisa que indique claramente uma mudança para uma nova atividade.
  5. Usar alarmes e temporizadores. Eles ajudam o seu filho a ver o tempo andar e, por isso, fazem transições mais suaves. Certifique-se de definir o temporizador para um número ímpar de minutos. Definir um temporizador para um período de tempo típico, digamos 15 ou 20 minutos, é aborrecido. Tente 17 ou 22 minutos. Porquê? Porque o estranho é diferente, e diferente é divertido e divertido é memorável. Ele dará ao seu filho aquelea motivação extra para que ele se mova para a próxima atividade.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *